Óleo de Coco

Existem dois tipos desse alimento funcional: o refinado e o extravirgem. O primeiro é feito a partir do coco seco, enquanto o segundo é feito com o coco fresco.

O óleo de coco é essencialmente composto por gorduras, em maior parte pela saturada (87% do total). Essas gorduras são triglicerídeos de cadeia média (TCM), e não de cadeia longa, como normalmente encontramos nos alimentos. A vantagem é que esses triglicerídeos são muito melhor absorvidos pelo corpo, principalmente no fígado, sendo logo convertidos em energia e não se acumulando em forma de gordura no corpo.

O óleo de coco é muito versátil, possuindo diversas aplicações e benefícios. Os principais benefícios do uso do óleo de coco são:

– Melhora a imunidade: O ácido láurico e o ácido cáprico, dois dos TCM deste óleo, tem a propriedade de modular o sistema imunológico.

– Aumenta a saciedade: os TCM ativam hormônios como colecistoquinina, e alguns peptídeos, todos ligados a sensação de saciedade.

– Evita prisão de ventre:  alimentos gordurosos normalmente auxiliam na digestão, além disso, o ácido láurico e suas propriedades antibacterianas eliminam as bactérias ruins do intestino, favorecendo a flora intestinal e assim melhorando o funcionamento do órgão.

– Hidratante natural: seus antioxidantes ajudam no combate aos radicais livres, que causam o envelhecimento precoce da pele. Ele também pode servir como hidratante natural dos cabelos, aumentando seu brilho e maciez.

O ideal é consumir quantidades pequenas de óleo de coco, para não extrapolar as quantidades diárias de gorduras saturadas.